5 sinais de que sua instituição precisa trabalhar com Marketing Digital

CM Tecnologia / Jornada do Paciente  / 5 sinais de que sua instituição precisa trabalhar com Marketing Digital

5 sinais de que sua instituição precisa trabalhar com Marketing Digital

Esta postagem foi lida 2800 vezes!

Anos atrás, a maior parte das pessoas buscava por especialistas da área da saúde puramente por meio de catálogos impressos e indicações. Isso ainda existe, mas, de uns tempos para cá, muitas pessoas começaram a utilizar também o ambiente digital para ter acesso à informação e ao conhecimento.

O único problema é que, muitos hospitais, clínicas ou laboratórios ainda não disponibilizam informações sobre seus serviços na internet, o setor é muito arcaico nesse assunto. Ou quando possuem um site, não conseguem utilizá-lo devidamente para estratégias de atração de pacientes.

A internet é uma realidade no mercado brasileiro e já se tornou uma fonte importante para as pessoas que buscam assistência em saúde. O público que busca serviços de saúde vêm mudando o seu perfil, e cada vez mais utilizam os serviços onlines, por serem mais práticos e rápidos. E enxergando esse posicionamento como uma oportunidade, instituições começam a investir mais em Marketing Digital.

Com as ferramentas certas é possível que profissionais, clínicas e laboratórios alcancem o público que está em busca dos seus serviços. Além disso, sabemos que, para se destacar no segmento, uma organização precisa estar bem posicionada nos diversos pontos de contato com o paciente — inclusive no meio virtual.

Caso você ainda tenha dúvidas se sua instituição realmente precisa investir em Marketing Digital, listamos neste post os 5 sinais mais comuns que mostram a importância de trabalhar com essa estratégia imediatamente. Confira:

criança

 

1. Há poucos clientes/pacientes

O principal objetivo de boa parte das organizações é atrair novos clientes e, consequentemente, ter mais lucratividade. No setor da saúde não é diferente, muitas instituições ainda sofrem por não entenderem como nem por onde se comunicar com o seu público, e isso consequentemente gera uma escassez de pacientes.

A solução pode ser investir na visibilidade da marca na internet. Afinal de contas, sabemos que o processo de decisão de compra hoje em dia, começa na rede. Sendo assim, ficar de fora do mundo online é um verdadeiro tiro no pé.

Se a sua base de clientes ainda é insuficiente, aproveite as oportunidades que o Marketing Digital oferece para ser visto pelo público certo, no momento certo. E o melhor disso tudo é o custo totalmente acessível, principalmente se compararmos com as abordagens tradicionais de marketing.

No universo digital, é possível alcançar quem realmente tem interesse e potencial para consumir os seus produtos e serviços. Ao contrário das ações offline, que, muitas vezes, são realizadas para impactar todas as pessoas, na internet a segmentação é criteriosa. Com esse filtro, a sua instituição terá mais chances de conquistar novos clientes.

2. Não existe conteúdo sobre seu segmento

Ao contrário do que muitos profissionais pensam, o Marketing de Conteúdo pode ser utilizado em qualquer segmento, inclusive na área da saúde.

No entanto, ainda temos várias lacunas para a produção de um conteúdo de valor, pois muitas áreas não foram devidamente exploradas. Por esse motivo, você pode ser o primeiro do seu segmento a criar conteúdo de qualidade, e isso é sensacional!

Dessa forma, a sua instituição se transforma em uma referência de peso no ramo de atuação. Com isso, as pessoas confiam ainda mais no seu trabalho, o que é primordial para que se tornem clientes posteriormente. Afinal, quando o assunto é saúde, não existe relação sem confiança, e o Marketing de Conteúdo é um excelente aliado na construção desse vínculo.

3. A instituição está perdendo para a concorrência

O aumento da concorrência na saúde é uma realidade bastante conhecida entre os brasileiros. A partir de 2020, estima-se que mais de 30 mil novos médicos cheguem ao mercado de trabalho todos os anos.

Por essa razão, diferenciar-se é o melhor caminho. E a internet oferece várias ferramentas para isso. O Inbound Marketing, por exemplo, é um novo modelo de fazer marketing, em que o foco é captar o interesse dos consumidores para que eles cheguem até o seu negócio.

Uma das maiores vantagens que esse método oferece para o segmento da saúde é a possibilidade de monitorar o retorno sobre o investimento.

As ações digitais, como anúncios, campanhas de e-mail Marketing, produção de conteúdo online, entre outras, são facilmente mensuráveis e podem ser modificadas a qualquer momento. Sendo assim, é possível otimizar a sua estratégia constantemente a fim de otimizar o ROI.

4. Os pacientes não estão retornando

Mais importante do que atrair novos pacientes é mantê-los na sua instituição. Afinal, o custo para fidelizar clientes ainda é menor do que para conquistar novos. Calma! Não estamos querendo dizer que a instituição deva manter o paciente em tratamento para o resto da vida, mas sim que ele deve continuar o tratamento até o fim no mesmo local.

Portanto, se os pacientes não retornam à sua instituição e buscam por outra alternativa. É preciso investir nas táticas de Inbound urgentemente. A presença digital pode ajudar a acompanhar os clientes de perto e criar um relacionamento mais próximo com eles.

Além disso, é possível investir em algumas estratégias para criar uma experiência memorável entre os pacientes e a sua instituição. E sabemos que pessoas muito satisfeitas têm um potencial enorme de indicar serviços para a sua rede de contatos. O famoso boca a boca, que na área da saúde é infalível —  tem ainda mais força na internet! Principalmente com o poder sensacional das redes sociais, que ampliam o alcance das informações de forma extraordinária.

Portanto, vale a pena investir em uma presença online que contemple esses canais de Marketing Digital. Afinal, eles também servem como fonte de pesquisa para os consumidores que desejam consultar a reputação de uma instituição antes de se tornarem clientes.

 

roi

 

5. A instituição não mede o retorno do investimento

Se você não consegue mensurar os resultados das ações constantemente, fica praticamente impossível medir o retorno sobre o investimento. Sem essa avaliação, não é possível descobrir as estratégias que precisam ser aprimoradas ou as ações que devem ser replicadas.

Essa é uma das principais razões para o fracasso de uma instituição: não medir os resultados com frequência. Com o Marketing Digital, é possível identificar facilmente os resultados gerados em cada ação. Não perca tempo e invista no ambiente online para otimizar o seu ROI.

Conclusão

O Marketing Digital deixou de ser uma tendência e passou a ser uma questão de sobrevivência para as empresas. Ou seja. Para as instituições de saúde que pretendem aumentar a fidelização de pacientes e a atração de novos. A internet é indispensável.

Mas lembre-se: uma presença digital de sucesso não se resume a apenas estar no ambiente online. É preciso ter um planejamento bem estruturado e muita disciplina para acompanhar periodicamente todas as ações.

Se você quer aprender a utilizar as táticas online para conquistar e ter mais pacientes, baixe gratuitamente o nosso e-book Marketing Digital para a área da saúde e alcance o seu público na internet de forma efetiva.

Já colocou a sua estratégia em prática? Então conte para nós quais são as suas principais dúvidas sobre Marketing Digital.

 

 

Esse post foi escrito por:

flaubi-rd

2 Comentário
Postar um comentário