Mobilidade clínica: entenda o que é e como impacta o mercado

CM Tecnologia / Jornada do Paciente  / Mobilidade clínica: entenda o que é e como impacta o mercado
Mobilidadeclinicaentendaoqueeecomoimpactaomercado

Mobilidade clínica: entenda o que é e como impacta o mercado

Mobilidade clínica é o uso de dispositivos móveis – computadores portáteis, tablets e impressoras – para melhorar a gestão das instituições de saúde e, sobretudo, aprimorar a humanização hospitalar.

Com o objetivo de aperfeiçoar o atendimento aos pacientes, criar fluxos de trabalho eficientes e utilizar melhor os recursos já existentes, essas ferramentas eliminam uma série de procedimentos manuais.

A assistência aos usuários, a comunicação entre os profissionais, o ambiente hospitalar e outras esferas da entidade são beneficiadas pela mobilidade clínica.

Vamos agora apresentar as vantagens desse recurso e como ele impacta no cotidiano dos hospitais. Continue lendo!

Melhora do ecossistema de saúde

Atualmente, segundo uma pesquisa realizada pela Zebra, 63% das enfermeiras já acessam registros eletrônicos dos pacientes em seus dispositivos móveis. De acordo com o estudo, daqui a quatro anos, a previsão é que além das enfermeiras toda a equipe médica tenha acesso aos dispositivos móveis.

Mas, para isso acontecer, é necessário que as entidades estejam “abertas” às mudanças. Afinal, a mobilidade tornou-se recurso fundamental e, com o passar dos anos, adaptar-se a essa realidade será imprescindível.

Avanço dos cuidados e aumento da eficiência

As ferramentas de mobilidade clínica possuem mecanismos específicos para ajudar cada área. A equipe de enfermagem, por exemplo, caminha horas por dia. O objetivo dos dispositivos é, portanto, aumentar a eficiência das enfermeiras de todas as disciplinas – leito, emergência, cirurgia e tratamento intensivo.

O tempo que um profissional de saúde gastaria locomovendo-se na instituição, poderá ser usado para oferecer aos pacientes um atendimento mais humanizado. Pois, é primordial que o usuário sinta-se bem acolhido, tendo certeza de que recebendo a atenção adequada para o seu caso.

Ampliação dos meios de comunicação

Entre os inúmeros benefícios proporcionados pela introdução tecnológica na saúde, é possível citar a comunicação. Ao longo do tratamento de um paciente, normalmente é necessário o cuidado de diversos profissionais. E, evidentemente, estes especialistas precisam manter um diálogo constante.

Dessa forma, ao manter todos atualizados sobre o estado clínico do paciente, maior será o foco no atendimento dos mesmos. O fluxo do trabalho médico terá maior exatidão e haverá uma disponibilidade maior das informações.

Modernização da infraestrutura da instituição

A gestão da infraestrutura hospitalar abrange diversas áreas de suma importância, que passam a ser encaradas como prioritárias, visando a melhoria dos serviços.

Algumas das áreas abrangidas são: Grupos Geradores de Energia, Sistemas de Refrigeração, Sistemas de Gases Medicinais, Caldeiras e Lavanderia.

Automatizar os serviços hospitalares beneficia a todos, principalmente aos pacientes. Abaixo, algumas vantagens para os usuários e para a instituição:

  • ampliação da segurança;

  • melhoria no conforto;

  • garantia da qualidade do ar;

  • otimização de investimentos;

  • economia;

  • definição de acordos de níveis de serviços e padrões de desempenho;

  • análise de indicadores.

Mobilidade clínica é necessária

Embora a mobilidade clínica esteja crescendo no setor da saúde, ainda falta muito para fazer parte de fato do cotidiano das instituições brasileiras.

Os hospitais estão começando a se preparar para a implementação de dispositivos móveis, equipando os colaboradores, conectando dados e sistemas, suprimentos e informações de saúde.

Agora, o primordial é permanecer disposto para as novas tecnologias, pois serão elas que tornarão a sua instituição referência no mercado de saúde. Como gestor, observe os benefícios agregados à mobilidade clínica, sempre buscando entender como funcionam os processos internos das instituições de saúde.

Sem comentários
Postar um comentário