CM Tecnologia / Jornada do Paciente  / CM Pague: Pagamento de consultas e exames online

CM Pague: Pagamento de consultas e exames online

CM Pague

O pagamento de consultas médicas sempre foi um assunto delicado. Isso porque até poucos anos atrás, ainda não existiam regras que determinassem se era correto ou não cobrar por um retorno, se era obrigatório emitir recibos ou notas fiscais após o pagamento, etc.

Hoje em dia, com novas normas e leis, a situação ficou mais fácil. Por lei, é obrigatório fornecer o recibo do pagamento, e é proibido cobrar por uma consulta de retorno.

Isso facilita o dia a dia da instituição pois não existem mais a confusão do que deve ou não ser feito, e pode evitar futuros problemas a ela.

Mas, pensando nos processos internos de uma organização de saúde, e para facilitar ainda mais, porque não aceitar o pagamento online de uma consulta?

Clique aqui e tenha acesso ao eBook gratuito como o investimento em TI pode colaborar com a gestão hospitalar

Assim como as diversas formas de atendimento online, como o agendamento e a confirmação, o pagamento das consultas no momento do agendamento também é uma medida que irá garantir ainda mais a satisfação do paciente e a eficiência dos processos internos da instituição.

Isso porque quando o paciente chegar à instituição no dia da consulta, ele já terá realizado o pagamento (ou a elegibilidade do plano de saúde, se for o caso), e deverá apenas esperar por seu atendimento, agilizando o andamento de outros assuntos in loco.

A entrega de recibo ou notas fiscais em consultas médicas particulares é obrigatória

Infelizmente, hoje em dia vemos muitos profissionais da área de saúde não entregarem para seus pacientes qualquer recibo ou nota fiscal após a realização de consultas particulares.

Porém, isso é totalmente ilegal. Em qualquer área em que o consumidor pague por algum serviço, ele tem o direito e a instituição tem o dever de oferecer a nota fiscal.

Não entregar qualquer tipo de recibo pode resultar em uma pena de reclusão de 2 a 5 anos. Além da aplicação de multa para a instituição de saúde.

Caso isso não ocorra, incide-se em crime contra a ordem tributária, disciplinado no art. 1° da Lei 8.137/90:

 

Negar ou deixar de fornecer, quando obrigatório, nota fiscal ou documento equivalente, relativa a venda de mercadoria ou prestação de serviço, efetivamente realizada, ou fornecê-la em desacordo com a legislação.

 

A consulta de retorno não pode ser cobrada

Uma norma do Conselho Federal de Medicina (CFM) instituída no ano de 2011, acabou com uma confusão que era frequentemente enfrentada por médicos e gestores hospitalares.

A consulta médica de retorno, em que o paciente volta ao médico para avaliação dos exames pedidos por ele ou para reavaliação do paciente não pode ser cobrada.

Antes disso, independente do motivo, se fossem ultrapassados 30 dias da primeira consulta, o retorno se transformava em uma nova consulta e, por isso, era gerada cobrança da mesma.

CM Pague

 

CMO (Central de Marcação Online)

A CM Tecnologia veio para facilitar o dia a dia das pessoas, tanto dos pacientes quanto das que estão profissionalmente ligadas às instituições de saúde, em todos os aspectos do atendimento ao paciente.

Empresa líder em Agendamento Online Integrado no Brasil, a CM Tecnologia desenvolve soluções para a área de atendimento, que vão desde o agendamento online de consultas e exames, à confirmação de presença automática (via e-mail e SMS), pagamento de procedimentos particulares, etc.

Dentro disso, a CMO (Central de Marcação Online) é a ferramenta que engloba todo o assunto que tratamos no texto.

Saiba mais: O guia definitivo do agendamento online

Ela é uma plataforma de agendamento online de consultas e exames totalmente integrada ao sistema de gestão de hospitais, clínicas ou laboratórios.

Através deste software, é possível agendar e confirmar a consulta. Além disso, também é possível remarcar algum procedimento em pouquíssimos minutos.

Por meio da plataforma que faz todo o processo de agendamento online, existe também o serviço de cancelamento e remarcação do procedimento anteriormente marcado.

Este processo segue a mesma praticidade e facilidade do agendamento e pode ser feito num espaço mínimo de tempo.

Com isso, o paciente poupa tempo e ganha em eficiência e satisfação. Enquanto a instituição tem menos problemas para resolver e dessa forma, consegue prestar um serviço de excelente qualidade para seu paciente.

Clique aqui e saiba sobre o CMO (Central de Marcação Online).

CM Pague

Ao agendar a consulta pela plataforma CMO, o paciente escolhe se ela será particular ou através de plano de saúde. Sendo por plano, o sistema automaticamente confere a elegibilidade. Existindo, ele já pode continuar com o processo de agendamento online normalmente.

Já em casos de consultas particulares. O paciente será redirecionado para a plataforma do CM Pague, que explicaremos detalhadamente a seguir.

O que é o CM Pague?

O CM pague é uma plataforma de pagamento de consultas e exames particulares que está inserido dentro da plataforma de agendamento online que citamos acima.

Essa plataforma funciona da seguinte maneira:

Feito o agendamento do procedimento e escolhida a opção particular. O paciente tem a opção de pagar e parcelar seu procedimento dentro da plataforma de agendamento online.

Benefícios e por que usar?

O CM Pague garante uma maior facilidade na realização do pagamento, sem correr o risco de inadimplência. Além disso, oferece boas condições de pagamento.

Isso tudo sem falar na tranquilidade e praticidade ao ser possível realizar o fluxo completo de agendamento e pagamento da consulta de uma só vez. Ao chegar na instituição no dia da consulta. O atendimento será mais ágil e eficiente, pois o pagamento já terá sido realizado.

Dessa forma. Além de facilitar as atividades do dia a dia da instituição de saúde, o CM Pague irá aumentar a satisfação e melhorar significativamente a experiência do paciente.

Quem pode usar a plataforma?

Todos os clientes que utilizam a plataforma de agendamento online CMO podem aderir ao CM Pague.

Passo a passo: Como usar?

Primeiramente, o paciente acessa nosso sistema de agendamento online no site da instituição. Após isso, escolhe agendar seu procedimento “Particular”, escolhe seu procedimento, data, horário, médico, etc.

Depois, é só realizar o pagamento de suas marcações à vista ou parcelado, da maneira que o paciente preferir.

O valor para a utilização dos serviços terá seu custo apresentado na plataforma CMO e as consultas e exames agendadas só poderão ser realizadas quando o pagamento for confirmado no sistema.

Por fim, se por responsabilidade exclusiva da instituição o atendimento previamente agendado não for realizado. A mesma tem a obrigação de restituir o valor pago ao paciente.

Alguma dúvida de que oferecer a opção de pagamento online só irá trazer benefícios? Tanto para o paciente quanto para a instituição? Se quiser saber mais sobre a ferramenta CM Pague, clique aqui !

 

E caso precise, tire suas dúvidas conosco clicando na imagem abaixo.

entre em contato conosco

Sem comentários
Postar um comentário