O papel da tecnologia na saúde

CM Tecnologia / Jornada do Paciente  / O papel da tecnologia na saúde
Tecnologia na saúde

O papel da tecnologia na saúde

O uso da tecnologia na saúde é essencial. Além de beneficiar os pacientes, contribui diretamente na atuação dos profissionais da área.

Quando falamos sobre os benefícios em integrar tecnologia e saúde, é importante lembrar dos métodos padronizados, como ABDCE do trauma. Essas e outras técnicas, se possuírem suporte tecnológico na execução, podem ser muito mais eficientes.

Os softwares, quando integrados aos processos hospitalares, facilitam bastante a rotina das instituições. E, vale lembrar, que mecanismos de inovação proporcionam maior segurança aos usuários. Uma vez que, quando aplicados à saúde, podem estar presentes em toda a jornada do paciente.

Desta forma, iremos apresentar agora algumas utilidades da tecnologia na saúde.

A importância da aplicação da tecnologia na saúde

Emancipação dos pacientes

A implantação de plataformas virtuais destinadas ao usuário, o torna gradativamente mais independente e participativo. Soluções para facilitar o processo de agendamento, por exemplo, estão sempre sendo desenvolvidas e adaptadas para as necessidades do setor.

O tradicional call center está aos poucos desaparecendo das unidades de saúde.  Pois, o agendamento online diminui consideravelmente os erros no atendimento, minimiza a taxa de não comparecimento e traz tranquilidade ao usuário.

Tecnologia no tratamento

Todos os dias novos instrumentos surgem na área da saúde para facilitar o trabalho dos profissionais.

O prontuário eletrônico faz parte de uma série de equipamentos. Dentre as vantagens destaca-se a facilitação do trabalho dos especialistas que terão ou não contato com o paciente.

Capaz de registrar e disponibilizar todas as informações necessárias ao médico, o prontuário reduz significativamente a quantidade de erros e a perda de informações.

Gestão de processos

Automatizar processos é fundamental para manter resultados positivos  na gestão dos serviços administrativos.

Diversos sistemas já foram criados com a função de aperfeiçoar o controle das demandas hospitalares. Graças a eles, o engenheiro clínico, por exemplo, pode facilmente controlar o espaço tecnológico da instituição e monitorar o andamento da equipe.

Os técnicos que realizam a manutenção dos equipamentos conseguem acompanhar, mesmo à distância, o uso dessas ferramentas. É bom ressaltar que o custo do hospital também diminui, afinal não haverá a locomoção desses profissionais até a clínica.

Prevenção

Os exames tornam-se mais seguros com a utilização de ferramentas tecnológicas nos laboratórios. A precisão dos diagnósticos aumenta muito, já que  as chances de erros diminuem.

A tecnologia, quando associada à medicina, torna a realização de procedimentos preventivos mais eficazes e assertivos. A necessidade de implantar esses

recursos surgiu para tornar os exames menos dolorosos e agressivos ao paciente.

A tecnologia surge nos mais diversos setores da sociedade para auxiliar e aperfeiçoar as atividades humanas. Quando uma equipe possui serviços automatizados, sua atenção permanece inteiramente voltada ao paciente.

As instituições precisam estar “abertas” ao novo. Pois, são as novidades que  vão alavancar o crescimento da entidade e fazer com que os pacientes tenham o sentimento de acolhimento.

Aplicar a novidade no meio hospitalar é uma ação inteligente para quem procura reduzir  custos, automatizar serviços e proporcionar um trabalho de qualidade às pessoas que priorizam a entidade.

Estabelecer estratégias para a implantação da tecnologia na saúde é imprescindível. Atualiza-se para melhorar o tempo médio de atendimento em sua instituição

 

Sem comentários
Postar um comentário